Os aplicativos que não são de jogos representaram 35% dos gastos dos consumidores no iOS e 15% no Google Play, principalmente devido às assinaturas.

Os downloads da loja de aplicativos Android Google Play cresceram 10% ano a ano, para 25 bilhões, enquanto os downloads para iOS cresceram 20% ano a ano, chegando a quase 10 bilhões de novos downloads no trimestre. Na Google Play, os aplicativos que não são de jogos representaram 55% de todos os downloads, enquanto no iOS o número foi um pouco maior, 70%.

De acordo com a App Annie, Índia e Brasil foram os dois maiores mercados em downloads no segundo trimestre de 2020 na Google Play. Em termos de crescimento, Índia (+30%), Brasil (+20%) e Indonésia (+25%) lideram o ranking. Enquanto isso, no iOS, Estados Unidos e China foram os dois maiores mercados de downloads, enquanto os Estados Unidos e a Arábia Saudita foram os principais impulsionadores do crescimento de downloads trimestre a trimestre. Nos anos anteriores, o pico de downloads na Arábia Saudita pode ser observado durante o terceiro trimestre do ano, coincidindo com as férias escolares de verão, que podem se estender entre 45 a 60 dias. Porém, com o fechamento de escolas em todo o país, os downloads de aplicativos na Arábia Saudita atingiram sua maior alta mensal de todos os tempos durante o mês de abril de 2020, um aumento de 100% ano a ano no iOS.

Google Play

As categorias “jogos”, “ferramentas” e “entretenimento” foram as maiores em números de downloads na Google Play. Porém, outras categorias também registraram um crescimento muito consistente. É o caso de “negócios”, “saúde”, “fitness” e “educação”, com aumentos de 115%, 75% e 50%, respectivamente, na comparação do segundo trimestre de 2020 com o mesmo período em 2019. Ferramentas de videoconferência e colaboração, como o Zoom Cloud Meetings e o Google Meet, e ferramentas educacionais, como o Google Classroom e o Duolingo: Learn Languages tiveram forte adoção.

iOS

No caso dos apps para iOS, “jogos”, “foto e vídeo” e “entretenimento” continuaram sendo as maiores categorias de downloads pelo quarto trimestre consecutivo. A categoria “negócios” foi o maior impulsionador do crescimento geral de downloads, liderada por aplicativos de videoconferência. Os apps de saúde e fitness, compras e medicina tiveram um forte crescimento de 30%, 25% e 20%, respectivamente, em relação ao trimestre anterior.

Rastreamento

Para ajudar a conter a disseminação da pandemia em curso da Covid-19, agências de saúde pública e governos em todo o mundo lançaram aplicativos para smartphone de rastreamento de contatos – que estão rapidamente ganhando adoção. Aarogya Setu é um aplicativo móvel desenvolvido pelo governo da Índia para conectar serviços essenciais de saúde para lutar contra a Covid-19. O app é o segundo mais baixado na Índia no segundo trimestre de 2020 na iOS App Store e no Google Play combinados.

Em outros países, os aplicativos de rastreamento de Covid, como o Covid-19 Contact App no Japão, o Corona-Warn-App na Alemanha, o StopCovid France na França, a Immuni App na Itália, a COVIDSafe na Austrália e a TraceTogether em Cingapura alcançaram a primeira posição no ranking em suas respectivas categorias da loja de aplicativos (médica ou de saúde e fitness) por downloads diários do iPhone todos os dias desde os seus lançamentos.

fonte: https://www.mobiletime.com.br/noticias/09/07/2020/app-annie-usuarios-ficam-40-mais-tempo-em-aplicativos-na-pandemia/#:~:text=Mobi%2DID%202020-,Pandemia%20aumenta%20em%2040%25%20o%20tempo%20que%20usu%C3%A1rios,em%20smartphones%2C%20aponta%20App%20Annie&text=O%20tempo%20mensal%20em%20aplicativos,de%20200%20bilh%C3%B5es%20de%20horas.


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Share